São Pedro, os irmãos e a serpente

São Pedro, os irmãos e a serpente – 2011, 60min

Argumento, texto, dramaturgia, música, cenário, figurino e adereços criados pela Folgazões e Grupo Vira-Lata.para as festividades do dia de São Pedro, padroeiro dos pescadores.

A comunidade de uma vila de pescadores sofre com a perda de Simão, seu mais velho e respeitável pescador. Seus filhos, André e Thiago, mesmo sofrendo, tem que assumir o lugar do pai. O que já não estava bem, piora com chegada de uma mulher misteriosa que transforma a vida comum dos moradores da vila numa grande tormenta.

Espetáculo disponível para contratação: producaofolgazoes@gmail.com

O auto do tatu

“O auto do tatu” – 2011, 60min

Argumento, texto, dramaturgia, música, cenário, figurino e adereços criados pelos Folgazões sob direção e orientação de Itaércio Rocha, integrante do Grupo Mundaréu – Curitiba (PR).

O auto do tatu
Uma aventura no universo fantástico da emoção

No “A incrível e esplendorosa jornada dos Folgazões em busca da alegria ou O Auto do Tatu”, uma trupe de brincantes surge perante o público para apresentar a estória de uma comunidade que luta para reaver um animal sagrado, símbolo maior de sua felicidade. O espetáculo é um musical com bonecos, inspirado nas manifestações populares brasileiras; uma brincadeira que percorre os caminhos da imaginação reverenciando as forças da natureza. Neste trabalho, a Companhia Folgazões propõe uma reflexão sobre a importância da ancestralidade e do respeito à grande mãe Terra.

Espetáculo disponível para contratação: producaofolgazoes@gmail.com

Há Judas pra malhar?

“Há Judas pra malhar? – 2010, 70min

Adaptação da comédia de costumes de Martins Pena “O Judas em Sábado de Aleluia“ (1844). Direção e dramaturgia de Esio Magalhães, membro fundador do  Barracão Teatro – Campinas (SP).

Há Judas pra malhar?
Comédia de costumes - o texto de Martins Pena (1844) mais contemporâneo que nunca

Nessa releitura do texto do século XIX, vemos como Faustino, um espertalhão funcionário público e também integrante da Guarda Nacional, consegue seus objetivos em armações que deixam todos a sua volta com o “rabo preso”, pelas suas pequenas corrupções de todo o dia. Essa comédia de costumes mostra com muita diversão e confusão que em pleno século XXI a sociedade brasileira não mudou muito, ou quase nada. E hoje, ainda “Há Judas pra malhar?”.

Festivais e eventos

Nacionais

2011
VII Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória (ES).
III Aldeia SESC Jose de Anchieta, Vitória (ES).

Já se apresentou em

2011
Theatro Carlos Gomes, Vitória (ES).
Teatro do SESI, Vitória (ES).
Praça Duque de Caxias, Centro, Vila Velha (ES).
Calçadão da Praia da Costa, Vila Velha (ES).

2010
Teatro Galpão, Vitória (ES).

Espetáculo disponível para contratação: producaofolgazoes@gmail.com

O pastelão e a torta

“O pastelão e a torta” – 2010, 45 minutos

Na adaptação desta famosa farsa medieval, temos as aventuras e desventuras de dois mendigos, Julião e Balandrot, em busca de um

O pastelão e a torta
Montagem dos Folgazões Companhia de Teatro

suculento pastel e de uma apetitosa torta que são vistos na janela do casal de pasteleiros Joaquim e Marieta. O espetáculo possui uma linguagem leve e dinâmica, ideal para ser encenado em espaços abertos que permitam um contato direto entre os atores  e o público.

Festivais e eventos

Internacionais

2011
7ª Bienal de Teatro Grupal e 1º Intercambio de Teatristas Latinoamericanos independentes, Santo Domingo – República Dominicana.

Nacionais

2011
Festival Nacional de Teatro de Guaçui (ES).
Festival de Inverno de Inverno e ouro Preto e Mariana (MG).

2010
VI Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória (ES).
Festival Nacional de Teatro de São Mateus (ES).
II Aldeia SESC Jose de Anchieta, Vitória (ES).
Intercâmbio Cênico Palco Giratório SESC (ES).

Prêmios

Editais Públicos

2011-Prêmio de Circulação de Espetáculos da Secretária Estadual de Cultura do Espírito Santo.
2010-Prêmio Funarte Artes Na Rua – Circulação de espetáculo.

Espetáculo disponível para contratação: producaofolgazoes@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: