Arquivo da tag: atores capixabas

Folgazões 10 anos: caras novas, oficinas, espetáculos e muito mais.

“Uma década de alguns acertos

e de infinitos erros

tropeços

em inesquecíveis caminhadas

lágrimas

em incontáveis despedidas

um período de imensa teimosia

na fantasia

de resistir enquanto trupe teatral

na utopia

da criação coletiva

e da sobrevivência artística

numa ilha”.

(por Duílio Kuster)

 

Em 2017, continuando sua trajetória de 10 anos fazendo do teatro sua paixão, arte e ofício, a Folgazões se abre mais uma vez e convida talentos para compor o elenco de seus espetáculos. Damos aqui, mais uma vez, as boas vindas aos profissionais Marina Malafaia e João Garcia que estão em “O Pastelão e a Torta” e Lorena Lima que participará de “A Lenda do Reino Partido”. Todos eles tem trabalhos desenvolvidos fora da Folgazões: Marina atualmente cursa teatro na FAFI e participa de montagens com o Grupo Vira-Lata; João faz parte do elenco do Comédia A La Carte e se apresenta em eventos como comediante; e Lorena lidera o Grupo Beta de Teatro e ministra oficinas.

João Garcia e Marina Malafaia: sangue novo no elenco do “Pastelão”, em repertório há 7 anos.

Para movimentar ainda mais nossa sala de ensaio, serão oferecidas oficinas teatrais. Além da continuidade da parceria com a Secretaria de Cultura da UFES realizando o Curso Livre de Teatro da UFES, a Folgazões divulgará seu calendário para aqueles que querem iniciar ou se aperfeiçoar na arte da interpretação, tanto para teatro quanto para cinema e TV. Para os que querem se preparar para falar em público ou para a câmera, será oferecido treinamento personalizado. Neste caso, é só entrar em contato para obter mais informações.

Uma novidade que extrapola nossas fronteiras artísticas será o concurso para estudantes de arquitetura. O objetivo é desenvolver um projeto de adequação arquitetônica para a sede, visando melhores condições para a pesquisa e produção artística, apresentações e recepção do público no espaço.

Foca Magalhães, Lorena Lima e Duílio Kuster.
Foca Magalhães, Lorena Lima e Duílio Kuster compõem o elenco de “A Lenda do Reino Partido”, que estreia este ano.

Também como parte das comemorações, a companhia estreará no segundo semestre seu novo espetáculo, “A Lenda do Reino Partido”, com dramaturgia de Duílio Kuster. Este projeto foi premiado pelo Edital de Seleção de Projetos Culturais para Produção de Espetáculos Inéditos de Artes Cênicas, da Secretaria de Cultura do Espírito Santo (SECULT-ES). Para os interessados nas artes cênicas, a companhia usará suas redes sociais para compartilhar um pouco do que acontecerá no seu processo de montagem.

Um novo campo que também será trabalhado é o de teatro educativo, focado em conteúdo histórico, científico ou para treinamento profissional. Para isso, serão selecionados novos atores para compor elenco desses projetos.

Para quem quer trabalhar em funções técnicas, está aberto cadastro para interessados em estagiar ou trabalhar com produção, além de fornecedores profissionais nas áreas de cenografia, figurino e adereços, iluminação, som e imagem. Só mandar e-mail para producaofolgazoes@gmail.com com descrição de atividade, portfólio e contatos.

Outro projeto há muito desejado e que sairá do forno é o de seleção de grupos ou artistas independentes, de teatro, dança ou música, que gostariam de se apresentar na Sede da Folgazões, no Centro Histórico de Vitória. Desta forma, a companhia fortalece seu compromisso de popularização das artes, dando oportunidade aos artistas para mostrar seu trabalho.

Como podem ver, teremos um ano de comemoração recheado de atividades e, cada vez mais, buscando integração com os artistas e a comunidade.

Dá-lhe Folgazões!

Anúncios

Turma 01 – descobertas e resultados da oficina O Corpo do Ator e as Emoções Viscerais

Terminou no dia 6 de setembro a formação com a primeira turma da oficina O Corpo do Ator e as Emoções Viscerais, promovida pela Folgazões com a orientação do ator Foca Magalhães. Foram momentos de intensas descobertas dos participantes que se jogaram de corpo e alma nos exercícios teatrais propostos, afinal, para chegar aos resultados esperados, a entrega e a disponibilidade física e mental eram fundamentais.

A Turma 01 foi o laboratório para a experimentação da oficina criada a partir das pesquisas para construção da personagem Lúcifer do espetáculo “O Outro”. Agora a oficina integra oficialmente o quadro das Oficinas Teatrais Folgazões. Os resultados obtidos foram além da expectativa, tanto para a Folgazões quanto para os participantes. A metodologia e condução aplicadas aceleraram o ritmo de aprendizado da turma. Para as próximas edições a oficina terá sua carga horária aumentada, com o objetivo de proporcionar uma melhor consolidação das descobertas de cada pesquisador e um maior tempo para realização dos exercícios orientados e de experimentação do conteúdo pesquisado.

No momento final, cada aluno fez duas passagens do exercício “Quadrado de Emoções”, onde deveriam transitar pelas estações de estados emocionais, de forma gradual. O exercício foi filmado para que, posteriormente, fosse analisado por cada executor, com o objetivo de visualizar a qualidade de informação física necessária para comunicar cada tipo de emoção e perceber suas gradações, para uso tanto em trabalhos para o teatro quanto para o vídeo ou cinema.

TURMA 01 - O Corpo+EmocoesViscerais - FOLGAZOES set2014
Turma 01: Rose, Mayra, Foca (orientador), Paula, Buck, Thais e Gleydson.

Participaram da oficinas estudantes e profissionais de teatro, cinema e publicidade.

Confira os vídeos do exercício final “Quadrado de Emoções”.

PAULA

 

ROSE

 

GLEYDSON

 

MAYRA

 

THAIS

 

BUCK

 

Fim de temporada

Estamos terminando um ano de muito trabalho na Folgazões. Pesquisa, ensaios e treinamentos, apresentações, viagens… Vamos fechar o ano com 30 apresentações somadas dos espetáculos ‘O pastelão e a torta’, ‘Há Judas pra malhar?’ e ‘São Pedro, os irmãos e a serpente’, que participaram de diversos festivais dentro e fora do estado além de realizar uma temporada no teatro da histórica e tradicional E.E. Maria Ortiz (Centro de Vitória). Participações em encontros de grupos – Vivo EnCena e Redemoinho;  intercâmbio com grupos de teatro – Brava Companhia e Vira-lata; e realização do encontro ‘Palavra Griô’, um projeto desejado já a alguns anos.

Leo Patrocínio, Duílio Kuster, Foca Magalhães, Daiana Scaramussa, Wyller Villaças e Vanessa Darmani - Vila Rubim,  Vitória-ES
Elenco: Leo Patrocínio (convidado), Duílio Kuster, Foca Magalhães, Daiana Scaramussa (convidada), Wyller Villaças e Vanessa Darmani – Vila Rubim, Vitória-ES

Foi um ano de muito aprendizado: fortalecemos o grupo como empresa, adotando práticas de gestão compartilhada, controle financeiro e planejamento anual e projeções para 3 e 5 anos. Fortalecemos e melhoramos a comunicação com a imprensa através da assessoria de imprensa realizada pela Tríade Comunicação. Melhoramos nosso material de apresentação e a elaboração de projetos para editais de cultura foi mais criteriosa.

Quando estávamos lá em janeiro, início do ano, realizando nossa semana de planejamento, tinhamos firmado algumas metas que, no momento, pareciam muito difíceis de serem realizadas. Mas não desistimos diante do desafio e das dificuldades. Usamos nossa criatividade artística e o espírito folgazão e, que incrível, conseguimos alcançar todas!

2013 já chega com a responsabilidade de evoluir mais, de realizar mais e de fazer mais teatro, por que é o que amamos fazer.

por Foca Magalhães