Arquivo da tag: oficina de teatro

…e foram dois dias intensos.

Um final de semana com muitas descobertas e desafios na oficina “O corpo e as emoções viscerais – uso de gatilhos físicos para o trabalho de interpretação”.

As atrizes participantes tiveram atenção especial em seu processo de pesquisa. Atenção a todas as ações e reações. Um trabalho personalizado,  orientando cada uma em sua investigação, pavimentando um processo de reconhecimento e apropriação de sua ferramenta de interpretação: o corpo. Um processo que revelador pra uns, doloroso para outros, pois demanda entrega e disponibilidade para as atividades propostas, mas que potencializa e amplia a percepção dessa arte que é a interpretação.

Vale a pena conferir o exercício final e depoimento concedido pela atriz Amanda Malta, após a oficina.

OFICINA – A Energia Controlada – composição e atuação para a câmera

Oficina desenvolvida a partir do processo de preparação de elenco do longa-metragem “Mata Negra”, de Rodrigo Aragão. O trabalho tem por objetivo o aperfeiçoamento técnico do ator através de exercícios de análise da personagem, construção de camadas emocionais, composição vocal e sonoridade, etc. Serão desenvolvidas cenas seguindo roteiro base. O trabalho final será gravado e disponibilizado.

  • Carga horária: 20 horas
  • Datas: 8 e 9 de julho – sábado e domingo
  • Local: Folgazões Artes Cênicas – Rua Nestor Gomes, 168, Centro, Vitória – ES (veja no mapa).
  • Público: Atores e estudantes de artes cênicas.
  • Pré-requisito: Idade mínima – 8 anos.
  • Vagas: 10
  • Valor: R$ 250,00
  • Inscrições até 5 de julho

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

FORMAS DE PAGAMENTO

O pagamento poderá se feito por cartão de crédito (até 12x c/ juros) ou depósito bancário. Será enviado um e-mail com as orientações para pagamento após a pré-inscrição.

OFICINA – O Corpo e as Emoções Viscerais

post-800x600px-OFICINAS-FOLGAZOES

USO DE GATILHOS FÍSICOS PARA O TRABALHO DE INTERPRETAÇÃO

  • Carga horária: 20 horas
  • Datas: 10 e 11 de junho – sábado e domingo
  • Local: Folgazões Artes Cênicas – Rua Nestor Gomes, 168, Centro, Vitória – ES (veja no mapa).
  • Público: pessoas maiores de 16 anos.
  • Vagas: 10
  • Valor: R$ 160,00
  • Inscrições até 9 de junho

Aos não atores, este exercício teatral trabalhará o auto-conhecimento, controle e desprendimento pessoal. Para atores, o trabalho tem por objetivo o aperfeiçoamento técnico através do reconhecimento dos seus gatilhos físicos provocadores de estados de emoções. Um trabalho energético e investigativo onde os participantes buscam o reconhecimento do comportamento corporal nos estados de emoções viscerais. Inicialmente serão utilizados estímulos de gatilhos emocionais, auditivos e físicos. O ator ao final da oficina terá uma ferramenta técnica que poderá ser empregada na pesquisa, composição e interpretação de personagens para quaisquer linguagens (teatro, performance, cinema, etc.). Para não atores, a oficina proporciona uma catarse e um novo olhar sobre suas emoções e comportamento.

Esta oficina é resultado de um trabalho de pesquisa para composição do personagem Lúcifer (2003), que resultou em monografia de graduação em artes cênicas e, desde então, vem sendo aperfeiçoada por seu orientador, o ator Foca Magalhães.

Confira o resultado do trabalho da Turma 1.

Confira o resultado do trabalho desenvolvido nesta oficina.

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO (inscrições encerradas)

 

FORMAS DE PAGAMENTO

O pagamento poderá se feito por cartão de crédito (até 12x c/ juros) ou depósito bancário. Será enviado um e-mail com as orientações para pagamento após a pré-inscrição.

Folgazões 10 anos: caras novas, oficinas, espetáculos e muito mais.

“Uma década de alguns acertos

e de infinitos erros

tropeços

em inesquecíveis caminhadas

lágrimas

em incontáveis despedidas

um período de imensa teimosia

na fantasia

de resistir enquanto trupe teatral

na utopia

da criação coletiva

e da sobrevivência artística

numa ilha”.

(por Duílio Kuster)

 

Em 2017, continuando sua trajetória de 10 anos fazendo do teatro sua paixão, arte e ofício, a Folgazões se abre mais uma vez e convida talentos para compor o elenco de seus espetáculos. Damos aqui, mais uma vez, as boas vindas aos profissionais Marina Malafaia e João Garcia que estão em “O Pastelão e a Torta” e Lorena Lima que participará de “A Lenda do Reino Partido”. Todos eles tem trabalhos desenvolvidos fora da Folgazões: Marina atualmente cursa teatro na FAFI e participa de montagens com o Grupo Vira-Lata; João faz parte do elenco do Comédia A La Carte e se apresenta em eventos como comediante; e Lorena lidera o Grupo Beta de Teatro e ministra oficinas.

João Garcia e Marina Malafaia: sangue novo no elenco do “Pastelão”, em repertório há 7 anos.

Para movimentar ainda mais nossa sala de ensaio, serão oferecidas oficinas teatrais. Além da continuidade da parceria com a Secretaria de Cultura da UFES realizando o Curso Livre de Teatro da UFES, a Folgazões divulgará seu calendário para aqueles que querem iniciar ou se aperfeiçoar na arte da interpretação, tanto para teatro quanto para cinema e TV. Para os que querem se preparar para falar em público ou para a câmera, será oferecido treinamento personalizado. Neste caso, é só entrar em contato para obter mais informações.

Uma novidade que extrapola nossas fronteiras artísticas será o concurso para estudantes de arquitetura. O objetivo é desenvolver um projeto de adequação arquitetônica para a sede, visando melhores condições para a pesquisa e produção artística, apresentações e recepção do público no espaço.

Foca Magalhães, Lorena Lima e Duílio Kuster.
Foca Magalhães, Lorena Lima e Duílio Kuster compõem o elenco de “A Lenda do Reino Partido”, que estreia este ano.

Também como parte das comemorações, a companhia estreará no segundo semestre seu novo espetáculo, “A Lenda do Reino Partido”, com dramaturgia de Duílio Kuster. Este projeto foi premiado pelo Edital de Seleção de Projetos Culturais para Produção de Espetáculos Inéditos de Artes Cênicas, da Secretaria de Cultura do Espírito Santo (SECULT-ES). Para os interessados nas artes cênicas, a companhia usará suas redes sociais para compartilhar um pouco do que acontecerá no seu processo de montagem.

Um novo campo que também será trabalhado é o de teatro educativo, focado em conteúdo histórico, científico ou para treinamento profissional. Para isso, serão selecionados novos atores para compor elenco desses projetos.

Para quem quer trabalhar em funções técnicas, está aberto cadastro para interessados em estagiar ou trabalhar com produção, além de fornecedores profissionais nas áreas de cenografia, figurino e adereços, iluminação, som e imagem. Só mandar e-mail para producaofolgazoes@gmail.com com descrição de atividade, portfólio e contatos.

Outro projeto há muito desejado e que sairá do forno é o de seleção de grupos ou artistas independentes, de teatro, dança ou música, que gostariam de se apresentar na Sede da Folgazões, no Centro Histórico de Vitória. Desta forma, a companhia fortalece seu compromisso de popularização das artes, dando oportunidade aos artistas para mostrar seu trabalho.

Como podem ver, teremos um ano de comemoração recheado de atividades e, cada vez mais, buscando integração com os artistas e a comunidade.

Dá-lhe Folgazões!

Curso de Introdução à Arte de Ator

Lista dos candidatos convocados para a próxima etapa da seleção. Atenção para as informações contidas ao final desta listagem:

Adriana Cordeiro Ramalho Leal 

Andreia Braga dos Santos Correa

Alfredo Andrade dos Santos Junior

Aryana Silva Vilastre 

Cíntia Braga

Clarisse Lopes Moraes

Dan Damasceno Brêtas

Fábio da Gama Souza

Giulia Tiengo Bravo

Gustavo Santos Pereira

Joyce Effgem

Julio Cezar

Larissa RigoTofoli 

Lorena Azevedo Ferreira

Lorena Ferreira Da Penha

Lorena Vellani Ferro

Luciana Araujo

 Marcelo Braga 

Marcio Reis 

Margarida Tose Fermo

Mayza Aguilar de Sales

Romélia Pessaliromelia dos Santos

Thamiris Estevam Dos Santos

Vitor Freitas dos Santos

Os candidatos deverão ler com atenção e seguir as informações descritas abaixo:

  • Comparecer na sede da Companhia Folgazões no dia 26 de março de 2016 (sábado) às 15 horas para participar da próxima etapa da seleção;
  • Seja pontual, o teatro é uma arte coletiva e o atraso de um representa o atraso de todos;
  • Ir com roupa confortável e que possibilite o trabalho físico, de preferência roupas de cor neutra e sem estampa;
  • Ter disposição para o trabalho físico;
  • O não comparecimento no dia e horário marcado acarretará na eliminação automática do candidato.

 

E que sejamos corresponsáveis por realizar um grande encontro!

Saudações teatrais.

Companhia folgazões de Artes Cênicas