Arquivo da tag: teatro de rua

OFICINA – O Corpo que Fala – interpretação com máscaras

A partir do trabalho do corpo expressivo pesquisado e desenvolvido na construção dos espetáculos da Folgazões com os diretores Ésio Magalhães, Itaércio Rocha, Chico Pelúcio e Ricardo Puccetti, e da vivência em espetáculos de rua, esta oficina vai auxiliar na descoberta pessoal das ferramentas de presença e expressividade corporal como conexão de comunicação com o público. Um trabalho de dilatação energética para  um estado extra cotidiano expressivo do corpo comunicativo. Além disso, serão trabalhadas técnicas de triangulação e jogos de improvisação para construção de cenas.

Para cada perfil de participante esta oficina propicia objetivos variados:

Atores: aperfeiçoamento técnico para o trabalho corporal e interpretação com máscaras;

Iniciantes: iniciar na linguagem teatral baseada na comunicação não verbal; melhora da presença pessoal e autocontrole; aumento do estado de atenção e escuta/percepção do outro.

 

  • Carga horária: 20 horas;
  • Datas: 2 e 3 de setembro – sábado e domingo;
  • Hora: 09:00 às 19:00;
  • Local: Folgazões Artes Cênicas – Rua Nestor Gomes, 168, Centro, Vitória – ES (veja no mapa);
  • Público: maiores de 16 anos;
  • Vagas: 10;
  • Valor: R$160,00;
  • Inscrições até 30 de agosto;

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

FORMAS DE PAGAMENTO

O pagamento poderá se feito por cartão de crédito (até 12x c/ juros) ou depósito bancário. Será enviado um e-mail com as orientações para pagamento após a pré-inscrição.

Anúncios

Um delicioso Pastelão e uma apetitosa Torta, de graça neste sábado.

FACEBOOK-CAPA-FOLGAZOES-PASTELAO_E_A_TORTA-ViagemLiteratura-26jul2014

O projeto Viagem pela Literatura realizará no próximo sábado (26), das 9 às 16 horas, na Quadra de Esportes do Bairro Jesus de Nazaré, a segunda edição do ano da atividade Leitura no Parque. Para esse encontro, estão programados contação de histórias, teatro, leitura de livros, revistas e jornais, banca de troca de gibis e distribuição de livros e revistas.

Objetivo

O projeto Viagem pela Literatura tem como objetivo incentivar a prática da leitura por meio de várias atividades desenvolvidas por atores, escritores, e contadores de histórias em diversos espaços do município.”A atividade Leitura no Parque faz parte desse projeto, que teve seu início em 1994. Sua intenção é incentivar a prática da leitura de forma lúdica e prazerosa junto aos frequentadores dos parques”, explica a coordenadora do projeto Viagem pela Literatura, Elizete Rocha.

Teatro

O enredo narra as aventuras e desventuras de dois mendigos, Julião e Balandrot, em busca de um suculento pastel e de uma apetitosa torta que são vistos na janela do casal de pasteleiros Joaquim e Marieta.

Uma divertida comédia medieval transportada para os dias atuais, com crítica social e personagens marcantes que envolvem qualquer platéia. Esteticamente, o espetáculo é fruto de uma fusão de várias linguagens que estão presentes no processo de pesquisa e treinamento permanente do grupo, como a comicidade, a música e o teatro de rua.

A peça já representou o Brasil em festivais internacionais e faz parte da Mostra ES em Cena, produzida pela WB Produções, que leva 5 dos melhores espetáculos capixabas para se apresentarem em outros estados. A mostra já passou por Salvador (BA), São Luiz (MA), Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG). Em novembro será a vez dos cariocas conferirem.

Serviço

Espetáculo teatral “O Pastelão e a Torta”
Onde: Quadra de Espoertes do Bairro Jesus de Nazaré (Rua Afonso Sarlo)

Quando: neste sábado (26/7), a partir das 15 horas
Entrada gratuita

Projeto Viagem pela Literatura – Leitura no Parque

Onde: Quadra de Espoertes do Bairro Jesus de Nazaré (Rua Afonso Sarlo)

Quando: sábado (26/7), das 9 às 16 horas

Entrada gratuita

 

A Praça dos Namorados vai se divertir com o “Tatu” antes da Copa

capa_851x315-TATU-PracaNamoradosA feira de culinária e artesanato da Praça dos Namorados terá um atrativo a mais neste sábado (7). Às 19 horas, os frequentadores do local poderão assistir à peça de teatro de rua “O Auto do Tatu”, encenado pela Folgazões Companhia de Artes Cênicas.

A apresentação é patrocinada pela Prefeitura de Vitória através do Edital de Circulação de Espetáculos 2013. Outra apresentação está marcada para o dia 14, na Casa do Ler e do Saber, no Parque Municipal de Barreiros, em Maruípe.

O “O Auto do Tatu” conta a história de uma comunidade que luta para reaver um animal sagrado, símbolo maior de sua felicidade. O espetáculo é um musical com atores e bonecos inspirado nas manifestações populares brasileiras. Uma brincadeira que percorre os caminhos da imaginação reverenciando as forças da natureza.

“Trata-se de um auto popular composto por muita música, bonecos, danças e total interação com o público, passando vibração, alegria e o sentir da diversidade da cultura popular brasileira”, disse o ator Duílio Kuster.

A peça “O Auto do Tatu” foi eleita pelo público o melhor “Espetáculo de Rua” do Festival Nacional de Teatro de Guaçuí em 2013, tendo conquistado ainda, no mesmo festival, os prêmios do júri nas categorias “Maquiagem” e “Figurino”.

Serviço
Espetáculo teatral “O Auto do Tatu”
Quando: neste sábado (7), a partir das 19 horas
Onde: Praça dos Namorados
Entrada gratuita

Festival CURTA CENA NA RUA – Edital e informações

postfacebook_inscricoes_CURTA_CENA_NA_RUA_

EDITAL – Festival Curta Cena na Rua

Festival de Cenas Curtas de Teatro de Rua de Vitória – ES – 2014.

Proposta

Apresentação e objetivos

A Folgazões Companhia de Artes Cênicas com o presente edital torna público o regulamento para inscrição e seleção de propostas de cenas curtas para apresentação no Curta Cena na Rua, que se realizará de 27 a 30 de março de 2014. O Curta Cena na Rua é um festival não competitivo de esquetes teatrais voltadas para apresentações em espaços públicos abertos (ruas, parques e praças), contemplado pelo Prêmio de Diversidade Cultural 2013 – FUNCULTURA, da Secretária de Estado da Cultura do Espírito Santo. O festival tem como objetivos contribuir para o aprimoramento da formação artística, a sensibilização de novos públicos, o intercâmbio entre estudantes de teatro e atores e atrizes profissionais e amadores. Configura-se, desta forma, como um espaço destinado ao estudo, pensamento, pesquisa, experimentação, difusão, intercâmbio, fruição, promoção e ao desenvolvimento profissional do teatro de rua produzido no Espírito Santo.

REGULAMENTO DA CURADORIA

Art.1º A inscrição de propostas não garante a seleção e participação previa dos grupos. A curadoria será feita pelos integrantes da Folgazões Companhia de Artes Cênicas que selecionarão o máximo de 15 (quinze) cenas curtas para se apresentarem no festival. Art.2º Serão selecionadas 5 (cinco) cenas curtas para suplência. Caso haja algum imprevisto que impossibilite alguns dos selecionados a comparecer, um número igual de suplentes serão convocados, seguindo a ordem de classificação estabelecida pela curadoria. Art.3º A escolha dos espetáculos pela curadoria é irrevogável. Os critérios de avaliação serão: qualidade artística da proposta de encenação; viabilidade técnica; currículo do grupo e análise do vídeo da obra inscrita.

DAS INSCRIÇÕES

Art.4º As inscrições estarão abertas de 30 de novembro de 2013 a 28 de fevereiro 2014, até às 00h, (quando passar a data e horário limite nenhuma inscrição será recebida, caso isso ocorra o grupo será automaticamente desclassificado). Para maiores informações os grupos deverão acessar o site: http://www.companhiafolgazoes.com.br. Conforme o regulamento, os materiais previstos pelo Edital deverão ser encaminhados para o e-mail curtacenarua@gmail.com.

Art.5º O material de cada grupo e espetáculo(s) deverá conter: 1)  Formulário de inscrição devidamente preenchido (encontrado no site http://www.companhiafolgazoes.com.br); 2) Release/sinopse do espetáculo; 3) Breve histórico do grupo (máximo 5 linhas); 4) Ficha técnica do espetáculo com todos os envolvidos; 5) Link do vídeo anexado ao corpo do e-mail de inscrição para acesso via internet (You tube ou Vimeo). Os vídeos devem ter qualidade de som e imagem. Serão aceitos vídeos de ensaios, porém, neste caso, a proposta apresentada em vídeo deverá ser o mais próximo possível do resultado final da montagem para que se tenha uma melhor noção da cena proposta.

Art.6º Cada item descrito acima deverá fazer parte de um mesmo arquivo, ou seja, não deverão ser mandados separados. Para facilitar a visualização devem ser enviados em PDF.

Art.7º A inscrição, por si só, não habilita a cena curta como participante do Curta Cena na Rua. Os espetáculos serão imparcialmente avaliados pela Curadoria, como relatado no Art.3º.

Art.8º A simples inscrição neste Edital implicará na aceitação total das regras do regulamento aqui posto.

DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

Art.9º A temática é livre. Não há restrição quanto ao gênero nem a estética das propostas inscritas, desde que as mesmas sejam concebidas para apresentação em espaços públicos abertos como parques, praças, ruas e etc.

Art.10º Poderão inscrever propostas para esta edição, grupos teatrais estudantis, amadores, profissionais, experimentais e alternativos sediados no estado do Espírito Santo. Os grupos devem ter de 01 (um) a 10 (dez) integrantes. Cada grupo deverá eleger seu representante, que será o responsável pela inscrição, comunicação com a produção do evento e responder por qualquer questão referente ao grupo.

Art.11º As cenas curtas deverão ter duração mínima de 10 (dez) minutos e máxima de 15 (quinze) minutos. Caso a proposta inscrita não atenda aos limites estabelecidos será automaticamente desclassificada.

Art.12º Cada grupo ou companhia poderá inscrever até 02 (duas) cenas curtas, seguindo os critérios mencionados neste regulamento.

DO RESULTADO DA SELEÇÃO

Art.13º O resultado dos espetáculos selecionados e dos suplentes que participarão do Curta Cena na Rua será divulgado pelo endereço eletrônico http://www.companhiafolgazoes.com.br no dia 05 de março de 2014, até as 00h.

Art.14º Os grupos selecionados serão informados por e-mail ou telefone sobre sua classificação e terão o prazo de 4 (quatro) dias para confirmação da presença de seu grupo, contados a partir do resultado divulgado. Caso contrário, os grupos suplentes serão convocados.

Art.15º Após a confirmação dos grupos selecionados, a Comissão Organizadora enviará por e-mail o local das apresentações assim como todas as informações pertinentes a participação dos grupos no Festival Curta Cena na Rua.

DA PARTICIPAÇÃO

Art.16º Os espetáculos selecionados serão apresentados em praças, parques e/ou ruas do Centro da cidade de Vitória, localizados no entorno da sede da Folgazões Companhia de Artes Cênicas.

Art.17º Deverão ser respeitados os dias e horários das apresentações, que serão definidos mediante acordo feito pela Comissão Organizadora com o representante/responsável pelo grupo inscrito.

Art.18º Uma vez definidos o dia e o horário das apresentações, não será permitida a alteração dos mesmos por parte do grupo participante.

Art.19º O Festival apresentará todos os seus espetáculos rigorosamente nos horários anunciados, salvo problemas publicamente conhecidos e, como tal, aceitos pela Comissão Organizadora.

Art.20º O intervalo para montagem e desmontagem entre as apresentações não poderá ultrapassar 8 minutos cada. Para tanto, a cenografia e os demais recursos técnicos utilizados deverão ser de fácil montagem e desmontagem.

Art.21º Uma vez que vários grupos se apresentarão em espaços públicos abertos, a Comissão Organizadora solicita que cada grupo participante tenha um responsável pelos pertences deixados no local das apresentações; a Comissão Organizadora não se responsabiliza, em momento algum, por objetos perdidos ou desviados durante o Festival.

Art.22º Caso o grupo tenha no elenco crianças menores de 12 (doze) anos, será da responsabilidade do mesmo providenciar e apresentar autorização do Juizado de Menores da cidade em que reside.

DA PREMIAÇÃO

Art.23º Todos os grupos receberão troféu de Mérito Artístico, além de Certificados de Participação.

CORPO DE ANÁLISE TÉCNICA

Art.24º Serão convidados pela Comissão Organizadora, profissionais qualificados e atuantes na cena brasileira de teatro de rua para compor o Corpo de Análise Técnica.

DAS OBRIGAÇÕES DOS GRUPOS

Art.25º É de responsabilidade do grupo o transporte da sua equipe e do seu material cênico do seu lugar de origem até o local da apresentação.

Art.26º É responsabilidade do grupo todo o material necessário para a montagem e desmontagem de sua cena.

Art.27º Os grupos deverão arcar com eventuais despesas relativas ao transporte de cenário e outros gastos para a realização de sua apresentação que não constem da infraestrutura oferecida pelo Festival. Art.28º É inteiramente de responsabilidade do grupo selecionado a liberação dos direitos referentes ao ECAD e ao SBAT. Não cabe à Comissão Organizadora arcar com os custos referentes aos direitos autorais dos mesmos.

DAS OBRIGAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO DO FESTIVAL

Art.29º A Comissão Organizadora não se responsabiliza por despesas de hospedagem, alimentação e transporte dos grupos participantes nem antes, durante ou depois do período de realização do Curta Cena na Rua;

Art.30º O Curta Cena na Rua oferecerá uma equipe de apoio para auxiliar na montagem e desmontagem dos cenários. Mas é de responsabilidade do grupo indicar uma pessoa de sua equipe para auxiliar a produção do Festival.

Art.31º Garantir a liberação dos espaços públicos para que os grupos selecionados se apresentem.

Art.32º Garantir a presença de pelo menos dois profissionais de grande relevância no cenário brasileiro do teatro de rua para que possam integrar o Corpo de Análise Técnica, realizando a análise das cenas e participando das mesas de debates que terão como temas o teatro de rua do ponto de vista da formação, criação e produção.

Art.33º Garantir sistema de som, aos quais os grupos selecionados para o Festival deverão se adaptar (o material do espaço e dos equipamentos serão enviados aos grupos selecionados, para auxiliá-los na elaboração do espetáculo no espaço proposto).

Art.34º Oferecer lanche e água para os grupos nos respectivos horários de apresentação.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Art.35º O ato da inscrição converte-se em expressa autorização para o uso da imagem e voz dos participantes em todos os meios de comunicação e divulgação pertinentes às atividades do Curta Cena na Rua e da Folgazões Companhia de Artes Cênicas.

Art.36º Não poderão ser feitas alterações na concepção da cena curta inscrita após sua aprovação. Caso isso seja necessário, deverá ser comunicado à organização do Festival com no mínimo 10 (dez) dias de antecedência e apresentado novo vídeo.

Art.37º A Comissão Organizadora não se responsabilizará por acidentes de qualquer natureza ou indenização que possam ocorrer com qualquer participante do Curta Cena na Rua.

Art.38º As despesas com transportes dos grupos das cidades de origem até o local do Festival, bem como dos grupos de Vitória não serão, em nenhum momento, de responsabilidade da organização do Festival.

Art.39º As cenas curtas participantes do Curta Cena na Rua não poderão concorrer novamente nas próximas três edições subsequentes. O mesmo ocorrerá com o grupo selecionado que vier a cancelar a sua participação no Festival.

Art.40º Os casos omissos no presente regulamento serão cuidadosamente avaliados pela Comissão Organizadora.

____________________________________________________________________________________________________

Edital formulado e proposto pela Comissão Organizadora (Folgazões Companhia de Artes Cênicas) do Curta Cena na Rua.

Para maiores informações entrar em contato com a Folgazões Companhia de Artes Cênicas:

Telefones: (27) 3322-7391 / (27) 999-720-741 ou (27) 997-762-249

Email: producaofolgazoes@gmail.com

Falar com Wyller Villaças ou Geruza Vergna.

____________________________________________________________

FICHA DE INSCRIÇÃO

O Auto do Tatu abre a programação de rua do festival de teatro de Vitória

Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória 9 º Edição anuncia a programação.

Mostra oficial do evento, que acontece de 13 a 21 de outubro na capital Vitória, é formada por 34 espetáculos, 09 Oficinas, 04 Palestras, 09 Demonstrações de Trabalhos e 01 lançamento de livro.O Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória é realizado desde 2005 e busca divulgar as artes cênicas para todo o Estado. Um dos principais eventos de artes cênicas do Espirito Santo, nesta edição traz atrações nacionais como os espetáculos “Esta Criança”, com a atriz Renata Sorrah e a Cia.Brasileira de Teatro (PR), e o musical Gonzagão – a lenda, dirigido pelo pernambucano João Falcão.

De 13 a 21 de outubro, Vitória vai realizar o Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória – 9º Edição conta com peças nacionais, capixaba e internacional  que são encenadas nos Teatros Carlos Gomes, Teatro José Carlos de Oliveira (Carmélia), Teatro Universitário, FAFI, Museu do Negro, SESI e  Teatro de Rua.

O Espírito Santo está presente no Festival com 09 peças, além de apresentações de outros estados vindas do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Brasília, Bahia, Maranhão, Sergipe.  O Festival terá um espetáculo internacional  de Cuba e duas oficinas ministradas pelo dramaturgo Santiago Serrano de  Buenos Aires – Argentina.

Além dos espetáculos, o Festival traz também 08 atividades formativas, como oficinas, workshop, palestras abertas ao público e o Lançamento do livro de Vera Vianna – Cena Aberta.

A novidade deste ano é que o Festival realizará nos municípios de Vila Velha e Cariacica Espetáculos de Rua.

A entrada para os espetáculos é franca. Os ingressos podem ser retirados nas bilheterias dos teatros, nos dias dos espetáculos, sempre a partir das 13h. Cada pessoa tem direito a apenas um bilhete.

O AUTO DO TATU - foto Luara Monteiro - Aldeia Sesc 2013 02A Folgazões fará a abertura dos espetáculos de rua na segunda-feira, 14/10, às 12h na Praça Costa Pereira (Centro de Vitória).

Programe-se!

A abertura oficial do Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória – 9º, será realizada no dia 13 de outubro às 20h30min h, no Teatro Universitário.

Haverá uma solenidade de abertura com exibição de vídeos dos homenageados deste ano são eles: o diretor, ator e cineasta Luiz Tadeu Teixeira; e a de Bilheteira Silvia Ramos (in memoria). que trabalhou na bilheteira do Teatro Carlos Gomes, por mais de 30 anos.

Após a homenagem, às 20h30min, no Teatro Universitário o espetáculo “Munheca”releitura do clássico O Avarento, de Moliére com a Cia Burlantins (MG), traz Maurício Tizumba no papel do homem rico e acumulador. E no Teatro do SESI o espetáculo “A Casa do Assoalho Velho” com a Cia Trupe Lá Pocô – ES e no Teatro Carlos Gomes o espetáculo Revolução dos Caranguejos Grupo Paiol de Teatro – ES.

Confira a programação completa das peças por dia e mais o calendário das atividades formativas.

 

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO CIDADE DE VITÓRIA – 9º EDIÇÃO – 2013

Solenidade de abertura Teatro da UFES às 20h30min.

TEATRO CARLOS GOMES

DIA: 13 de Outubro de 2013 – Domingo

PEÇA: A Revolução de Caranguejos – ES

GRUPO: Grupo Paiol de Teatro

HORA: 19:30h

DURAÇÃO: 60min

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

 

DIA :14 de Outubro de 2013 – Segunda

PEÇA: Recusa

GRUPO: Companhia Balagan – SP

HORA: 21h

DURAÇÃO: 80 min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

 

DIA15 de Outubro de 2013 – Terça

PEÇA: Os Homens de Barro – ES

GRUPO: Os Tião

HORA: 19horas

DURAÇÃO :60min

CLASSIFICAÇÃO:12 anos

 

DIA16 de Outubro de 2013 – Quarta

PEÇA: Absurdo

GRUPO: Cia Atores de Laura – RJ

HORA: 21 horas

DURAÇÃO :80min.

CLASSIFICAÇÃO:14 anos

 

DIA:19 de Outubro de 2013 – Sábado

PEÇA: Esta Criança

GRUPO: Cia Brasileira de Teatro e Renata Sorrah – RJ

HORA: 21h

DURAÇÃO: 70min.

CLASSIFICAÇÃO: 16 anos

 

DIA20 de Outubro de 2013 – Domingo

PEÇA: Esta Criança

GRUPO: Cia Brasileira de Teatro e Renata Sorrah – RJ

HORA: 21h

DURAÇÃO:70 min.

CLASSIFICAÇÃO: 16 anos

 

DIA21 de Outubro de 2013 – Segunda

PEÇA: Opera Pobre

GRUPO: Cia Teatro Urgente – ES

HORA: 19h

DURAÇÃO: 60 min..

CLASSIFICAÇÃO: 18 anos

TEATRO UNIVERSITÁRIO – UFES

DIA : 13 de Outubro de 2013 – Domingo

PEÇA: Munheca – Adaptação do clássico ‘O avarento’ de Molière.

GRUPO: Cia Burlantins (MG)

HORA:21h

DURAÇÃO:60 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre.

 

DIA : 14 de Outubro de 2013 – Segunda

PEÇA: Tempos de Areia

GRUPO: Repertório de Artes Cênicas – ES

DIREÇÃO: Nieve Matos

HORA: 19h

DURAÇÃO: 55mni.

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

 

DIA : 15 de Outubro de 2013 – Terça

PEÇA: R&J de Shakespeare

GRUPO:Cia Juventude Interrompida -RJ

HORA: 21h

DURAÇÃO:110 min.

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

 

DIA : 17 de Outubro de 2013 – Quinta

PEÇA:A Marca da Água

GRUPO: Armazém Companhia de Teatro – RJ

HORA: 21h

DURAÇÃO:70min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos.

 

DIA :18 de Outubro de 2013 – Sexta

PEÇA: A Marca da Água

GRUPO: Armazém Companhia de Teatro – RJ

HORA: 21h

DURAÇÃO:70 min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos.

 

DIA : 20 de Outubro de 2013 – Domingo

PEÇA: Gonzagão – A Lenda

GRUPO: RJ

Direção de João Falcão,

HORA: 20h

DURAÇÃO:120 min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

 

DIA :21 de Outubro de 2013 – Segunda

PEÇA: Gonzagão – A Lenda

GRUPO: RJ

Direção de João Falcão,

HORA: 20h

DURAÇÃO: 120min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

TEATRO JOSÉ C. OLIVEIRA – CARMÉLIA

DIA : 15 de Outubro de 2013 – Terça

PEÇA: As Estrelas Cadentes do Meu Céu São Feitas de Bombas do Inimigo”

GRUPO: Cia Provisório-Definitivo – SP

HORA: 19 e 21h

DURAÇÃO: 60 min.

CLASSIFICAÇÃO: 14 ano

MUSEU DO NEGRO

DIA :18 de Outubro de 2013 – Sexta

PEÇA: MEDÉIA

GRUPO: Teatro Trupersa da UFMG.

HORA: 19h.

DURAÇÃO: 120 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

 

DIA :19 de Outubro de 2013 – Sábado

PEÇA: MEDÉIA

GRUPO: Teatro Trupersa da UFMG.

HORA: 19h.

DURAÇÃO: 120 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

TEATRO SESI

DIA : 13 de Outubro de 2013 – Domingo

PEÇA: A Casa do Assoalho Velho

GRUPO: A Trupe IáPocô – ES

HORA:17h

DURAÇÃO:90 min.

CLASSIFICAÇÃO:12 anos

 

DIA : 14 de Outubro de 2013 – Segunda

PEÇA:CRU

GRUPO: Cia. Plágio de Teatro, Brasília/DF.

HORA: 20h

DURAÇÃO: 55 min.

CLASSIFICAÇÃO: 16 anos

 

DIA : 16 de Outubro de 2013 – Quarta

PEÇA: Retrato de UnHombre Desnudo

GRUPO: Teatro Del Caballero – CUBA

HORA: 19h

DURAÇÃO:60 min.

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

DIA : 21 de Outubro de 2013 – Segunda

PEÇA:A Culpa

GRUPO: Anônimos de Teatro Cachoeiro de Itapemirim – ES

HORA: 19h

DURAÇÃO: 50 min.

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

Escola Teatro FAFI

DIA :14 de Outubro de 2013 – Segunda

PEÇA:‘M’BORAYU’

GRUPO: Circo Teatro Capixaba – Caparaó -ES

HORA: 19h

DURAÇÃO:50 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

 

DIA : 18 de Outubro de 2013 – Sexta

PEÇA: SESC – O MIOLO DA ESTÓRIA

GRUPO: Santa Ignorância Cia de Artes – MA

HORA: 21h

DURAÇÃO: 55 min.

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

DIA :19 de Outubro de 2013 – Sábado

PEÇA: A COBRA VAI FUMAR

GRUPO: Teatro Popular União e Olho Vivo – SP

HORA: 18h

DURAÇÃO: 70 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

TEATRO DE RUA

Data: 14 de outubro –Segunda

PEÇA: O Auto do Tatu

GRUPO: Folgazões Artes Cênicas – ES

HORARIO: 12 horas .

DURAÇÃO: 60 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

Local: Praça. Costa Pereira

 

Data: 15 de outubro -Terça

PEÇA:JÚLIA

Grupo : Cirquinho do Revirado – SC

HORARIO: 12 horas

Duração : 55 min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

Local: Praça Costa Pereira

 

Dia 16 de Outubro 2013 – Quarta

PEÇA: JÚLIA

Grupo : Cirquinho do Revirado – SC

HORA: 12h

Duração : 55 min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

LOCAL: Praça Duque de Caxias (Pracinha de Vila Velha), Centro, Vila Velha

Data: 17 de outubro- Quinta

PEÇABumba Meu Boi – (vinculada ao intercâmbio com o MIOLO – SESC)

Grupo :Gota, Pó e Poeira -ES

HORARIO: 12 horas

Duração :50 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

Local: Praça Costa Pereira

 

Data: 17 de Outubro – Quinta

PEÇA: A Farsa dos Opostos

Grupo: Cia Imbuaça – SE

HORARIO: 19 horas

Duração: 60 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

Local: PÇA. IRENE TEREZINHA GRECHI – BAIRRO REPÚBLICA

 

18 de Outubro – Sexta

PEÇA: JÚLIA

Grupo : Cirquinho do Revirado – SC

HORA: 12h

Duração : 55 min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

LOCAL: Praça José Maria Ferreira -Centro- Campo Grande / Cariacica

 

Data: 18 de Outubro Sexta

PEÇA:A Farsa dos Opostos

Grupo: Cia Imbuaçã – SE

HORAS: 12 horas.

Duração: 60 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

Local: PÇA. COSTA PEREIRA

Data: Sábado – 19 de Outubro – Sábado

Espetáculo: JÚLIA

Grupo : Cirquinho do Revirado – SC

HORARIO: 19:30 horas

Duração : 55 min.

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

Local: Praça Sagrada Família (atrás da Igreja)- Jardim Camburi

 

DIA :20 de Outubro de 2013 – Domingo

PEÇA: A COBRA VAI FUMAR

GRUPO: Teatro Popular União e Olho Vivo – SP

HORA: 10h

DURAÇÃO: 70 min.

CLASSIFICAÇÃO: Livre

Local: Parque Moscoso

OFICINAS

OFICINA: TEATRO DE RUA

Professor: Grupo Imbuaça – Aracaju.

Local: Escola de Teatro FAFI

Dias : 14, 15 e 16 de outubro

Horário: 09 às 13h

Vagas: até 25 participantes

Publico alvo: Jovens a partir de 15 anos e adultos

Requisitos: atores, estudantes e professores de artes

OFICINA DE DANÇAS DRAMATICAS

Professor: Grupo Imbuaça – Aracaju.

Local: Escola de Teatro FAFI

Dias : 14, 15 e 16 de outubro

Horário: 14 as 18h

Vagas: até 25 participantes

Publico alvo: Jovens a partir de 15 anos e adultos

Requisitos: atores, estudantes, professores de artes e Iniciantes.

OFICINA: MAQUIAGEM TEATRAL.

Professora: Mona Magalhães – Unirio – Rio de Janeiro.

Local: Escola de Teatro e Dança FAFI.

Dias: 14, 15 e 16 de outubro

Horário:09 às 12 e 15 às 18 horas.

Vagas: até 20 participantes

Publico alvo: maquiadores, atores, diretores, figurinistas, etc…

WORKSHOP: O ATOR BRINCANTE NOS PASSOS DO BOI. – SESC

Professor:Lauande Aires – Santa Ignorância Cia. de Artes São Luis – MA – Palco Giratório – SESC.

Local: Escola de Teatro e Dança FAFI.

Dias : 15 de outubro

Horário: 14 às 18 horas.

Vagas: 20 participantes

Publico alvo: Atores, Diretores e Estudantes de Teatro, etc..

WORKSHOP: “SOTAQUES DO MARANHÃO” – SESC

Professor: Leonel Alves -Santa Ignorância Cia. de Artes São Luis – MA – Palco Giratório – SESC.

Local: Escola de Teatro e Dança FAFI.

Dias : 16 de outubro

Horário: 14 às 18 horas.

Vagas: até 20 participantes

Publico alvo: Atores, Diretores e Estudantes de Teatro.

OFICINA: PERNA DE PAU

Professor: Cirquinho do Revirado -SC

Local: Escola de Teatro FAFI

Dias : 17 de outubro

Horário: 15 as 18h

Publico alvo: Atores,

Vagas: até 20 participantes

Observação: O participante deverá usar roupas confortáveis e tênis.

OFICINA: INTERPRETAÇÃO TEATRAL. (Oficina para atores sobre Stanislavsky)

Professor: Ney Piacentini – Cia. do Latão – São Paulo.

Local: Escola de Teatro e Dança FAFI.

Dias:17, 18 e 19 deoutubro

Horário: 10 às 13 e 14 às 18 horas.

Vagas: até 30 participantes

Publico alvo: Atores, Diretores, estudantes, interessados em direção de atores.

Necessidade: Experiência Mínima

OFICINA DE ATUAÇÃO: O ATOR EM SEU LABIRINTO.

Professor: Santiago Serrano – Dramaturgo e Diretor Teatral – Argentina.

Local: Escola de Teatro e Dança FAFI.

Dias: 18 e 19 de outubro

Horário: 14 às 18 horas.

Vagas: 20 participantes

Publico alvo: Atores com experiência teatral ou estudantes avançados.

OFICINA DE DRAMATURGIA: A ESCRITA TEATRAL COMO ESPAÇO DE ENCONTRO.

Professor: Santiago Serrano – Dramaturgo e Diretor Teatral – Argentina.

Local: Escola de Teatro e Dança FAFI.

Dias: 20 e 21 de outubro

Horário: 14 às 18 horas.

Vagas:20 participantes

Publico alvo: Atores, Diretores, Dramaturgos, Dançarinos e Estudantes de Teatro.

PALESTRAS

Encenação, Exotismo e Performance

Dia 17 de Outubro (Quinta)

Palestrantes: César Huapaya e Bernard Mullher

Horário: 14 às 18h

Local: Cemuni V. Sala 03 – Centro de Artes da UFES

“A FARSA DOS OPOSTOS” – Cia. Imbuaça – SE.

Dia 18 de outubro (sexta-feira)

Palestrantes:Cia. Imbuaça

Horário: 17:00 horas

Local: FAF

O Que Faz o Texto Trágico Contemporâneo? Porque montar Tragédias nos Dias Atuais?

Dia : 19 de outubro (sábado)

Palestrante: ANDREYA GARAVELLO – MG

Horário: 16 horas.

Local: Museu do Negro

40 Anos do Teatro Popular União Olho Vivo

“A COBRA VAI FUMAR” – Teatro Popular União e Olho Vivo. SP

Dia 19 de outubro (sábado)

Palestrantes: Teatro Popular União e Olho Vivo. SP

Horário: após o espetáculo

Local: Auditório da FAFI

Demonstração de Trabalho/Processos Criativos

“CRU” – Cia. Plágio de Teatro – Brasília/ DF

Dia 14 de outubro (Segunda-feira)

Horário: após o espetáculo

Local: SESI

“As Estrelas Cadentes do Meu Céu São Feitas de Bombas do Inimigo – Cia. Provisório Definitivo – SP.

Dia 15 de outubro(Terça-feira)

Horário: após o espetáculo

Local: José Carlos de Oliveira

“R& J DE SHAKESPEARE – Cia Juventude Interrompida-RJ

Dia 15 de outubro (Terça-feira)

Horário:Apos o espetáculo

Local: Teatro Universitário – UFES

ABSURDO” – Cia. Atores de Laura – RJ

Dia 16 de outubro (Quarta-feira)

Horário:após o espetáculo

Local: Teatro Carlos Gomes

“RETRATO DE UM HOMBRE DESNUDO” – Teatro Del Caballero – Cuba.

Dia 16 de outubro (Quarta-feira)

Horário: após o espetáculo

Local: Teatro do SESI

“JÚLIA” – Cirquinho do Revirado – SC.

Dia 17 de outubro (Quinta-feira)

Horário:após a oficina

Local: FAFI

“OMIOLO DA ESTÓRIA” – Santa Ignorância Cia. De Artes – MA.

Dia 18 de outubro (Sexta-feira)

Horário:após o espetáculo

Local: Teatro FAFI

“A MARCA DA ÁGUA” – Cia Armazém de Teatro – RJ.

Dia 18 de outubro(Sexta-feira)

Horário: após o espetáculo

Local: Teatro da UFES

“ESTA CRIANÇA” – Cia. Brasileira de Teatro – RJ.

Dia 20 de outubro(Domingo)

Horário: após o espetáculo

Local TeatroCarlos Gomes

LANÇAMENTO DE LIVRO

CAFÉ TEATRO EHALL DO THEATRO CARLOS GOMES/ CENTRO

CENA ABERTA IV– VOL.

Data: 16 DE OUTUBRO – Quarta-Feira

Horário: 18h30min.

Dramaturga: Vera Vianna – Vitória-ES

HOMENAGEADOS

LUIZ TADEU TEIXEIRA

Jornalista, Ator e Diretor Teatral.

Estreou no Teatro em Vitória participando do musical Ensaio Geral, apresentado no Teatro da Escola Técnica, em maio de 1970.

No mesmo ano foi ator em Mordaça, reunião do poema Uivo de Allen Ginsberg, com a peça A História do Zoológico, de Edward Albee, ao lado de Milsom Henriques, comdireção de Paulo Torre (Espetáculo que inaugurou o Teatro da AEI, no Edifício Aldebaran).

SILVIA MARIA GARCIA RAMOS

Admitida na extinta Fundação Cultural do Esp.Santo em 02/04/1976.
Em Março de 1978 a servidora foi executar suas funções no Teatro Carlos Gomes, com o cargo de Auxiliar de Serviços Gerais e executando as funções de Bilheteira.

22 anos executando a função de Bilheteira do Teatro Carlos Gomes (março de 1978 a maio de 2000) executando a venda de Ingressos, fechamento de Bordereaux , pagamento de artistas ,ECAD e SBAT.